quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Realização profissional, financeira e emocional



Todo profissional busca na sua atividade sucesso que é: realização financeira e prazer emocional. Alguns conquistam o financeiro, no entanto, não atingem o prazer, pois na ânsia desenfreada em querer ter mais e mais desgasta-se emocionalmente canalizando seu pensamento no dinheiro tornando escravo dele. Já outros não se realizam na plenitude financeiramente, mas são pessoas que conquistam o prazer na profissão e são bem consigo mesmos, realizando seus sonhos de consumo parcialmente, porém, possuem estabilidade financeira mantendo uma qualidade de vida social e emocional.

Há alguns fatores fundamentais para a realização financeira; a criatividade, ousadia, a transpiração e a sorte.

Criatividade: A criatividade é o diferencial entre o mesmo e o novo. Alguém criativo transforma a realidade dentro de sua área profissional, abrindo possibilidade para novas técnicas e argumentos para vender mais.

Ousadia: Não basta ser criativo é preciso colocar em pratica a criação, arriscar perder. Há varias pessoas criativas, no entanto, tem medo de colocar em ação tornando-se apenas sonhadoras, ou mesmo, ao invés de ganhar com suas criações são outros que se beneficiam delas.

Transpiração: sem trabalho não se chega a lugar algum. Ser alguém criativo, ousado são fatores essenciais para o sucesso, mas sem transpiração, sem ação, sem esforços não adianta; é como um carro de ultima geração, mas sem motor, ou seja, não sai do lugar. Muitos são criativos, ousados, mas são acomodados, não indo a luta, ou seja, não gostam de trabalhar.

E por fim, a sorte. É preciso dizer que sorte é conseqüência da transpiração, da ousadia, da criatividade, em suma, a sorte vem como premio de um projeto que se está buscando realizar. Ela pode ocorrer ou não, no entanto, se ficar esperando que ela surja sem que seja provocada certamente não surgirá, o exemplo mais clássico é: nunca testará sua sorte em ganhar milhões num jogo lotérico se não jogar.

Ataíde Lemos